Clique aqui!
X
Clique aqui e Peça seu Orçamento!
Clique aqui e Peça seu Orçamento!

Mitos e verdades sobre os compensados

Os compensados estão cada vez mais famosos entre o público que procura personalizar o visual de casa. Os adeptos do estilo de vida “faça você mesmo” encontram nos compensados um mundo de possibilidades.

Por ser um produto que é novo para o consumidor final – embora já seja bastante utilizado pela indústria há anos – as dúvidas que brotam do senso comum são normais.

O compensado é bom para decoração?

Verdadeiro. Embora não seja muito popular, o compensado para decorar ambientes é muito econômico e bonito.

A versatilidade é a qualidade número um dos compensados na decoração, pois podem ser utilizados desde ambientes secos como sala e quartos até nos banheiros. Sua estrutura em lâminas garante a resistência, característica que tanto atrai os consumidores, além do acabamento único.

Compensado marítimo não estraga?

Mito. Embora seja mais resistente que o compensado convencional, o compensado marítimo também passa por desgaste e descolamento após muitos anos. O compensado marítimo recebe este nome porque, além da indicação para uso em embarcações, é uma variação que conta com mais camadas que o outro.

Devido a essas camadas a mais, o produto agrega resistência e de fato demora um pouco mais para estragar, descolar ou mesmo apodrecer. A verdade é que, assim como tudo que é de madeira, os compensados dos dois tipos também tem seu prazo de uso.

Os compensados são mais resistentes que MDF e MDP?

Verdade. Optar pelo uso de compensado, MDF ou MPD também depende do seu objetivo. Caso você esteja em dúvida no momento de montar um móvel, a melhor alternativa é o compensado.

Isso porque a madeira multilaminada possibilita fazer alguns rasgos, trabalhar com pontas arredondadas, torcer a madeira em técnicas que não é possível realizar com os outros tipos.

A firmeza do material também é um diferencial, sendo avaliado por marceneiros como a madeira que melhor aceita parafusos em uma montagem de móveis. Outro ponto positivo é a resistência do compensado em relação a umidade e intempéries climáticas, o que faz desta madeira o tipo ideal para quem quer montar móveis ou decorações para a área externa.

Os compensados são ruins para o meio ambiente?

Definitivamente um mito. Todas as indústrias de madeira precisam seguir diversas regulamentações e leis ambientais para se manterem em atividade.

É o caso do Armazém do Compensado. Os compensados são produzidos com o menor impacto ambiental possível, utilizando a madeira de reflorestamento e a madeira tropical proveniente de manejo sustentável.

 



Deixe uma resposta